O Lar

A Sociedade Civil Beneficente Lar Santa Filomena é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, fundada em 10 de novembro de 1960 e que inicialmente atendia crianças e adolescentes do sexo feminino de 0 a 18 anos. Atualmente, desenvolve serviços de proteção especial e busca o que compreende o acolhimento institucional e a convivência e fortalecimento de ví­nculos.

Informações de Transparência Pública <= Clique

Nossa História

Segue, abaixo, a cronologia com os dados mais importantes dentro da história da entidade:

1960 - Fundação em 10 de novembro.
1962 - Término da construção do prédio, iní­cio da administração pelas Irmãs da Congregação Franciscana do Sagrado Coração de Jesus e atendimento de 30 meninas.
1995 - Mudanças e adequações no atendimento a crianças e adolescentes.
1997 - Grandes mudanças no espaço fí­sico.
2000 - Atendimento a meninos e meninas de 7 a 12 anos.
2001 - Iní­cio da construção das casas-lares.
2002 - Atendimento em 02 novos projetos (70 crianças e adolescentes atendidos).
2006 - Atendimento em 05 projetos (115 crianças e adolescentes atendidos).
2008 - Atendimento em 07 projetos (555 crianças e adolescentes atendidos).
2009 - Atendimento em 07 projetos (565 crianças e adolescentes atendidos).
2010  -Atendimento em 07 projetos, ampliando o CAE de 60 para 120 vagas e reduzindo o Superação de 240 para 120 vagas, além da ampliação do Projovem Adolescente em mais 150 vagas (655 crianças e adolescentes atendidos).
2011 - Atendimento em 07 projetos, ampliando o CAE de 120 vagas para 220 (765 crianças e adolescentes).
2012 - Atendimento em 08 projetos, implantação do Projeto Clave de Sol com 60 vagas (825 crianças e adolescentes).

Missão Institucional

"Garantir o atendimento adequado a crianças e adolescentes de ambos os sexos, em caráter de proteção especial e básica, por meio de serviços de acolhimento institucional, convivíência e fortalecimento de ví­nculos, frente ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) no Municí­pio de Presidente Prudente."

Objetivos

Abrigar crianças e adolescentes de forma provisória e excepcional de ambos os sexos, em situação de risco social e pessoal, sem comprometimento com substíâncias entorpecentes, prostituição e delitos do municí­pio de Presidente Prudente/SP, assim como promover o atendimento a crianças e adolescentes não acolhidos com medidas de proteção previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente, por meio de projetos socioassistenciais, respeitadas as instruçíµes normativas de cada projeto quanto a idade, sexo, proposta pedagógica e

outras.